Nascida em 1961, Suzana iniciou sua carreira no teatro ao lado de Ary Fontoura na peça “Na Terra do Pau Brasil, Nem Tudo Que Caminhas Viu”. Participou de algumas novelas como: “Tudo ou Nada” (Manchete-1987), “A História de Ana Raio e Zé Trovão” (Manchete-1990), “Zazá” (Globo-1997) e na recente “Floribella” (Band-2006), onde acumulava a função de atriz e preparadora de atores mirins. Sua participação no “Sitio do Picapau Amarelo” foi bastante difícil, já que teve a tarefa de substituir a veterana Reny de Oliveira no papel da boneca Emília. Ela foi bem e permaneceu até o fim da série em 1986. Atualmente faz parte do grupo Grelo Falante com o qual já fez peça de teatro (O Grelo Falante em Conversa Privada em 2001), escreveu livro (Tapa de Humor Não Dói: A Hora e a Vez das Mulheres Gozarem) e atuou e roteirizou o filme “Coisas de Mulher” em 2005. Também participou dos programas: “Garotas de Programa” (Globo-1999) e “A Diarista” (Globo-2004). Suzana voltou a vestir os trajes da Emília duas vezes depois que o “Sítio”acabou, primeiro para apresentar as reprises da série na TV Educativa/RJ e logo após na peça baseada no “Sítio” e apresentada no Teatro Villa-Lobos em Copacabana. Mais recentemente atuou nas novelas “Páginas da Vida”, de Manoel Carlos (TV Globo- 2006), “Maria Esperança” no SBT em 2007, “A Favorita”, de João Emanuel Carneiro (TV Globo – 2008) e “Bela, A Feia” (Rede Record – 2009/10)