Tonico Pereira foi um dos atores que participaram do “Sitio do Picapau Amarelo” e deixaram suas atuações gravadas na memória de todos os que puderam ver sua perfeita performance na pele do matuto Zé Carneiro, depois que deixou a série continuou na TV fazendo novelas e minisséries como: “O Tempo e o Vento” (Globo-1985), “Anos Dourados” (Globo-1986), O Outro (Globo-1987) e “Andando Nas Nuvens” (Globo-1999). “Porto dos Milagres” (2001), “Desejos de Mulher” (2002), “Pastores da Noite” (2002) “A Casa das Sete Mulheres” (2003), “Amazônia, de Gálvez a Chico Mendes” (2007) e “Decamerão – A Comédia do Sexo” (2009). Tonico conseguiu colocar o Mendonça, o chefe cara de pau do Lineu (Marco Nanini) no seriado “A Grande Família”, na galeria de personagens marcantes da teledramaturgia brasileira, como fez com seu Zé Carneiro do “Sítio”. O seriado está no ar desde 2002 até os dias de hoje. Trabalho mais recente no cinema “O Bem Amado” (2010), de Dias Gomes, filme dirigido por Guel Arraes. Seu 46º trabalho no cinema brasileiro.