A Morte do Visconde

 

Após receber uma pancada na cabeça, Visconde volta a ser um simples  milho sem vida. Logo a turminha trata de providenciar outro boneco para substituí-lo, mas o novo sabugo é totalmente diferente do esperado, não é nada sábio e extremamente levado. O descontentamento da turma faz nascer uma idéia: enterrar o corpo do Visconde e esperar brotar um novo sabugo de milho para a criação de um novo boneco, seria uma idéia fácil de ser realizada se o novo Visconde não tentasse a todo custo destruir a semente de milho para impedir o renascimento do sábio sabugo.

 

 

Texto de Benedito Ruy Barbosa

Participação Especial:

Mara Di Carlo-Jaqueira

César Macedo-Viscondinho